Você esta aqui: HOME Notícias Notícia

04/05/2018 - Audiência solicitada pelo senador Dalírio discute bacia de evolução

A obra da Bacia de Evolução do Complexo Portuário de Itajaí e Navegantes foi o assunto de uma audiência realizada nesta sexta-feira, 4, na Secretaria de Estado da Infraestrutura. A pedido do senador Dalírio Beber, o secretário Paulo França recebeu o prefeito de Navegantes, Emílio Vieira, e comitiva de secretários e representantes da pesca do município para discutir o desassoreamento do canal que permitirá a travessia de navios de maior porte.

Segundo o senador Dalírio Beber, a audiência “serviu para discutir a demanda da comunidade da pesca do município de Navegantes em função da dragagem que o governo do estado está executando pra que as operações dos terminais marítimos, especialmente os portos de Itajaí e Navegantes possa receber navios de maior envergadura”. O prefeito Emílio Vieira reforçou o pediu de dragagem do canal, a fim de desassorear a área onde ficam os barcos de pesca.

“A Bacia de Evolução gera uma expectativa para que de fato possamos receber navios com mais de 360 metros de comprimento. É uma demanda em função de uma necessidade para nós otimizarmos um transporte marítimo tanto para a importação quanto para a exportação dos produtos de SC, em especial nosso agronegócio”, comentou o senador.

“Tratamos da obra da bacia de evolução que estamos realizando no rio Itajaí e agendamos uma visita na próxima terça, 8, às 17h para que no local possamos fazer uma avaliação das ações necessárias para atender a demanda dos pescadores”, disse França, anunciando que ele e equipe da Secretaria visitarão o local das obras com o objetivo de resolver essa situação importante para toda a comunidade pesqueira do município de Navegantes.

“Esperamos que a demanda da comunidade possa ser atendida pelo governo do estado de SC”, manifestou Delírio Beber. 

A obra

A reestruturação do canal de acesso ao complexo portuário de Itajaí começou em março de 2015 contratada por R$ 150.537.839,82. Os principais serviços previstos são a remoção total dos guias-correntes limítrofe com o Saco da Fazenda; redução de parte dos espigões enraizados no molhe Norte; readequação do Molhe Norte e Dragagem no canal e bacia de evolução (serviço atualmente suspenso devido a condicionante da LAI - período do defeso do camarão).

O volume a ser dragado é de 3 milhões de metros cúbicos. Com isso, a nova bacia de evolução terá um diâmetro de 530 metros e 13 metros de profundidade, podendo operar embarcações com comprimento máximo de 336 metros e largura máxima (boca) de 50 a 52 metros. Hoje a operação com embarcações com comprimento máximo de 306 metros e largura máxima de 48 metros.

No dia 8 de março de 2018, o governador Eduardo Pinho Moreira (PMDB) assinou um aditivo de R$ 25 milhões para a conclusão da nova bacia de evolução do Itajaí-Açu. Com a verba liberada, as obras retomam o ritmo normal, mas o período do defeso suspendeu provisoriamente os trabalhos.

Topo
Centro Administrativo do Governo | Rod. SC 401 - km. 5, nº 4.600
Florianópolis | CEP: 88032-900 | Telefone: (48) 3665-2000